Instituto Federal do Espírito Santo

Campus Santa Teresa

Publicada nova resolução que regulamenta estágios para alunos do Ifes

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimir

Foi publicada no site do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) a nova resolução que trata sobre os estágios obrigatórios e não-obrigatórios para os alunos da instituição. A resolução CS nº 28/2014 altera a CS nº 11/2010 e foi construída por uma comissão nomeada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe).

A presidente da comissão, Zâmora Cristina dos Santos, conta que a necessidade de atualização da antiga resolução surgiu por meio das discussões do Fórum das Coordenadorias de Integração Escola e Empresa (Fiec), tendo em vista as diversas situações que não estavam claras ou contempladas na regra. O grupo trabalhou também para adequar pontos que se diferenciavam da Lei 11.788/2008 (que dispõe sobre estágios de estudantes em nível nacional) e também abordar novas demandas da instituição.

Participaram Claudio da Silva Paschoa, representando, junto com Zâmora, o Fórum de Integração Escola-Empresa-Comunidade (Fiec); Anna Christina Alcoforado Corrêa, representante da Pró-Reitoria de Extensão; Marcus Vinícius Cardoso Podestá, representante da Pró-Reitoria de Ensino; Euzanete Frasso de Almeida, representante do Fórum de Registro Acadêmico; e Pedro Leite Barbieri, representante dos diretores de Ensino.

Eles receberam colaborações do Fiec, do Cepe, do Centro de Educação a Distância (Cead), dos diretores de Ensino e do próprio Conselho Superior para construção do documento final. Entre as principais alterações feitas nas regras de estágio está a questão da duração, antes fixada em um total máximo de dois anos e agora estabelecida como dois anos por empresa onde o aluno estagiar. Foi previsto ainda que os estudantes que cumprem estágio obrigatório também possam fazer um optativo, caso desejem e sejam autorizados pelo coordenador de curso.

A CS nº 28/2014 traz, além disso, orientações sobre estágio no exterior, de forma a padronizar os procedimentos, e detalha a documentação que deve ser apresentada para comprovação dos estágios obrigatórios nas licenciaturas.

“É importante que todos conheçam a resolução, evitando o repasse de informações equivocadas ou que não têm respaldo legal. Com essas alterações certamente ficará mais clara a função desempenhada por todos envolvidos”, destaca Zâmora.

Acesse a resolução.


Coordenadoria de Tecnologia da Informação.

Desenvolvido com Joomla!